Quatro mãos brincam com a idéia sobre autoria

Seis Problemas para Dom Isidro Parodi e Duas Fantasias Memoráveis, de Jorge Luis Borges (1899-1986) e Adolfo Bioy Casares (1914- 1999), foram escritos sob o pseudônimo H. Bustos Domecq. Por trás do jogo de máscaras, em que dois escritores argentinos clássicos abrem espaço para um heterônimo, destacam-se dois fatos: a escassez de uma literatura feita a quatro mãos e a consciência sobre o processo de autoria. Em Seis Problemas..., Parodi está encarcerado por um crime que não cometeu. Dentro da cela, o barbeiro passa a desvendar crimes. O jogo literário se aprofunda em Duas Fantasias Memoráveis, a partir de referências bíblicas. A ficção se dá num terreno que pode ser a realidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.