SALVADOR DALÍ
SALVADOR DALÍ

Quadro de Salvador Dalí é roubado em galeria nos EUA; veja vídeo

Homem entrou no local e saiu carregando nas mãos a obra avaliada em US$ 20 mil

Redação, AP

15 de outubro de 2019 | 09h31

Um homem entrou na galeria Dennis Rae em São Francisco, nos EUA, e roubou a gravura Giraffe Burning (Girafa em Chamas), de Salvador Dalí, avaliada em US$ 20 mil, no domingo, 6.

A obra de estilo surrealista foi pintada à mão e faz parte de uma edição limitada da década de 1960. O homem saiu do local com o quadro nas mãos.

O diretor da galeria, Rasjad Hopkins, disse que estava trabalhando sozinho e a peça estava em exibição em um cavalete em frente à janela. "Ele entrou e saiu em um instante. Fez isso em menos de um minuto."

A galeria tem uma câmera de vídeo, mas não estava ligada. No entanto, em fotos de vigilância de outra loja, é posssível ver o homem andando pela Geary Street com a obra de arte em uma mão, relatou a emissora de televisão KGO-TV.

A gravura estaria presa por um cadeado, mas o ladrão poderia ter cortado, disse Hopkins à KGO-TV.  "Acho que foi um roubo oportunista'', disse Hopkins. "A obra fazia parte de um grupo de cerca de 30 peças da exposição Dalí da galeria. É relativamente raro", disse Hopkins. "Eu diria que é uma das peças mais desejáveis ​​desse período. " A obra é conhecida e também está numerada, explicou. "Isso dificulta a venda on-line', disse Angela Kellett, outra diretora da galeria, para a KGO-TV.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.