Publicidade vai usar canções dos Beatles

O catálogo musical dos Beatles será disponibilizado ao setor empresarial para que as músicas mais famosas do grupo possam ser utilizadas em anúncios publicitários. Um dos casos mais conhecidos relativos a direitos autorais ocorreu há 20 anos, quando representantes do grupo pediram US$ 15 milhões da Nike pelo uso não autorizado da música Revolution em uma campanha. As ofertas estão sendo estudadas pela Sony/ATV Music Publishing, donos dos direitos das 259 músicas de John Lennon e Paul McCartney. A empresa não precisará mais do aval dos dois Beatles vivos - Paul McCartney e Ringo Starr - para fechar os acordos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.