Provável roteiro de canções em constante depuração

O mistério que ronda o mito João Gilberto, certamente, também diz respeito ao roteiro de cada show, que o cantor costuma definir pouco tempo antes de subir ao palco. Uma ou outra canção ele até inclui de improviso, no momento em que está diante do público. Também, são décadas e décadas que vem aperfeiçoando esse repertório. E tão certo como o vinco impecável da calça do cantor, virão o pato, o marreco, o ganso e o cisne se juntar na beira da lagoa pra cair no samba.Mas novidades sempre são bem-vindas, porque qualquer canção que João toque ganha em depuração. Algumas notas prolongadas aqui, uma batida diferente ali, uma introdução nova, pequenas variações nos acordes, pausas e outras soluções sutis. O repertório pode não variar muito, mas a interpretação nunca fica igual.Em Nova York, ele surpreendeu o público com uma versão de Lígia, em que suprimia o nome da musa de Tom Jobim. No mais, da lista de canções reproduzida ao lado, todas foram gravadas por João em seus álbuns-solo de estúdio, em parcerias ou ao vivo. Metade tem a assinatura de Tom Jobim, que começou com ele e Vinicius de Moraes a revolução estética da bossa nova 50 anos atrás.Este é o roteiro do show que João Gilberto fez em junho no Carnegie Hall, Nova York, incluindo no bis uma versão de Braguinha para God Bless America, de Irving Berlin. Boa parte dessas canções ele deve cantar no Ibirapuera hoje e amanhã: DORALICE (Dorival Caymmi/Antônio Almeida) CHEGA DE SAUDADE (Tom Jobim/Vinicius de Moraes) CORCOVADO (Tom Jobim) MORENA BOCA DE OURO (Ary Barroso) PRECONCEITO (Marino Pinto/Wilson Batista) O PATO (Jayme Silva/Neusa Teixeira) AOS PÉS DA CRUZ (Marino Pinto/Zé da Zilda) CAMINHOS CRUZADOS (Tom Jobim/Newton Mendonça) SAMBA DE UMA NOTA SÓ (Tom Jobim) ESTATE (Bruno Martino/Bruno Brighetti) WAVE (Tom Jobim) VOCÊ JÁ FOI À BAHIA? (Dorival Caymmi) ECLIPSE (Ernesto Lecuona) PRA MACHUCAR MEU CORAÇÃO (Ary Barroso) BRIGAS NUNCA MAIS (Tom Jobim/Vinicius de Moraes) BAHIA COM H (Denis Brean) ROSA MORENA (Caymmi) LÍGIA (Tom Jobim) ESTE SEU OLHAR (Jobim) SAMBA DO AVIÃO (Jobim) DESAFINADO (Tom Jobim/Newton Mendonça) GAROTA DE IPANEMA (Tom Jobim/Vinicius de Moraes)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.