Princípio de acordo na Broadway

Os atores e produtores da Broadway conquistaram anteontem um princípio de acordo que dissipa a possibilidade de que neste semestre se repita uma greve como a protagonizada pelos operadores em novembro do ano passado. Após cerca de dois meses de negociações foi feito um acordo, que vai até setembro de 2011 e implica medidas compensatórias para os trabalhadores, incluindo benefícios médicos e previdência. O acordo ainda precisa ser aprovado pelas autoridades públicas e pelos membros do sindicato. Segundo a prefeitura de Nova York, a paralisação do ano passado supôs perdas diárias de US$ 2 milhões.

Efe, O Estadao de S.Paulo

04 de julho de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.