Presença brasileira na Popkomm

A feira musical e fonográfica Popkomm, a maior do setor, começou ontem em Berlim com o propósito de lutar contra a pirataria na internet e é marcada por grande presença internacional. Destaque para a participação brasileira, que inclui nomes como Beatriz Azevedo, Dona Zefinha, Lanny Gordin, Mahnimal e Stereo Maracanã. A feira apela contra a pirataria musical, que "no melhor dos casos, se traduz numa estagnação do setor fonográfico", diz o gerente do festival, Ralf Kleinhenz. A Popkomm reúne mais de 400 conjuntos musicais de pelo menos 30 países até sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.