Prepare-se, porque Steve McQueen vai fugir do inferno

Onze da manhã no Telecine Cult - Steve McQueen salta no lombo daquela motocicleta, na mais eletrizante cena de Fugindo do Inferno, o filme ''clássico'' sobre fuga de campos de prisioneiros, que John Sturges realizou em 1963. Grande Sturges - mestre da ação, ele deixou sua marca em westerns e filmes de guerra. Em Sete Homens e Um Destino - no qual transpôs a trama do filme de sabre Os Sete Samurais, de Akira Kurosawa, para o Velho Oeste -, antecipou, pelo uso da música e grandiosidade das cenas, o spaghetti western.Sete Homens é de 1960 e três anos mais tarde Sturges reuniu parte do elenco daquele filme (McQueen, James Coburn, Charles Bronson) para contar a história de prisioneiros aliados que fogem de um campo dos nazistas. O filme divide-se em três partes. A chegada dos prisioneiros e os conflitos entre eles e a direção do campo; a fase de cavar os túneis, como parte do plano; e a fuga, propriamente dita. Sturges fala sobre a oposição entre o individualismo e o trabalho de grupo, reflete sobre o que é ser ''profissional'' (na guerra e no cinema). James Garner e Richard Attenborough também estão no elenco e Hannes Messemer repete sua criação como oficial nazista de De Crápula a Herói, de Roberto Rossellini. É um filmaço.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.