Polanski, Mia e o bebê de Rosemary

Polônia, Itália, França, Inglaterra, EUA - Roman Polanski filmou em diversos países e em cada um deles deixou a marca de seu extraordinário talento, um dos maiores do cinema. Só nos EUA foram dois clássicos indiscutíveis e o primeiro deles, O Bebê de Rosemary, é a atração de hoje do Telecine Cult, às 19h30 (o outro é o noir Chinatown). Baseado no livro de Ira Levin, O Bebê conta a história desta mulher que gera um filho do Diabo, depois que seu marido vende a alma ao demo em troca de sucesso. Mia Farrow, na fase pré-Woody Allen, já era uma atriz de imensos recursos, e a cena em que ela tenta matar o filho é de arrepiar. Música, fotografia, interpretação expressam o conflito visceral entre instinto materno e cultura repressora. Genial.

Luiz Carlos Merten, O Estadao de S.Paulo

30 de outubro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.