Poesia, ideias e o papel do filósofo na sociedade

Le Miel et l?AbsintheAndré Comte-SponvilleHermann217 págs., R$ 120 Pouco se sabe com certeza da vida de Lucrécio, poeta e filósofo latino que viveu no século 1º a.C. Sua fama se deve em especial ao poema Sobre a Natureza das Coisas, em que trata da filosofia de Epicuro, que define como a chave que poderia desvendar os segredos do universo e garantir a felicidade. Neste livro, o filósofo francês André Comte-Sponville (professor da Universidade de Paris e autor de La Vie Humaine e La Matière Heureuse, entre outros) recupera a trajetória de Lucrécio. Analisa sua filosofia em conjunto com sua poesia e tenta mostrar como os dois aspectos se cruzaram de maneira muito particular. E, a partir daí, discute qual é a função do filósofo em uma sociedade.

, O Estadao de S.Paulo

14 de fevereiro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.