Pior cinema

ESQUECIDO PELA PLAYARTE

O Estadao de S.Paulo

25 Fevereiro 2008 | 00h00

A Playarte, uma das maiores empresas exibidoras do país, investiu no Bristol e no Plaza Sul, conseguiu revigorar o Lumière e vai, finalmente, reformar o Marabá. Mas deixou pelo caminho outros cinemas seus bem largados, como se estivessem à espera de um milagre. Como o West Plaza (que em breve terá concorrência da Cinemark) e o Santana. Nada explica, contudo, o abandono de suas duas salas no movimentado Shopping Paulista. Além da infra-estrutura precária, no dia da nossa visita, a bilheteria abriu somente a dois minutos da primeira sessão. Ninguém se preocupou em preparar a pipoca. E quando o filme demorou a começar, o repórter foi avisado de que o projecionista estava atrasado e só chegaria meia hora depois. Parece que já aceitaram a derrota e se renderam às salas que a Cinemark abrirá por lá.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.