Filipe Berndt
Filipe Berndt

Pinturas, fotos e gravuras compõem exposições por São Paulo

'Evandro Carlos Jardim: Neblina' reúne 50 obras impressas da capital paulista

Danilo Casaletti, Especial para o Estadão

05 de agosto de 2022 | 05h00

A cidade desenhada

A exposição Evandro Carlos Jardim: Neblina, com curadoria de Paulo Miyada e Diego Mauro, se organiza em torno de um conjunto de gravuras chamado Tamanduateí Contraluz, que reúne 50 obras impressas desde 1980 até hoje. São gravuras que o artista fez de pontos da cidade de São Paulo, entre eles, as margens do Rio Tamanduateí e o Palácio das Indústrias. Inauguração: 4ª (10). 3ª a dom., 11h/20h. Instituto Tomie Ohtake. Av. Faria Lima. 201 (entrada pela Rua Coropés 88), Pinheiros. Grátis. Até 20/11.

De outro ângulo

A mostra Retratos do empreendedorismo reúne 34 trabalhos de Claudio Gatti, fotojornalista que se dedica a registrar altos executivos de maneira criativa. Entre os fotografados, estão nomes como Leonardo Senna, Sergio Arno, Adriana Barbosa e Abílio Diniz. Inauguração: 3ª (9). 3ª a dom., 11h/19h. MIS. Av. Europa, 158, Jd. Europa. Grátis. Até 11/09.

Diferentes inspirações

A exposição Sem sombra de dúvida, Maria Andrade, reúne pinturas que retratam paisagens das serras do Rio de Janeiro, além de imagens que habitam seu imaginário. Já a mostra Selva, de Fabrício Lopez trabalhos com carvão sobre madeira e as serigrafias de grandes dimensões criadas durante a pandemia que tem o preto como cor predominante. Inauguração: sáb. (6). 2ª a 6ª, 10h30/19h; sáb., 11h/16h. Galeria Marília Razuk. R. Jerônimo da Veiga 131, Itaim Bibi. Grátis. Até 14/9.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.