Pérola Negra

Sáb. (21), entre 23h25 e 23h35

, O Estadao de S.Paulo

12 de fevereiro de 2009 | 00h00

Enredo: ?Guiado por Surya, pelos caminhos da Índia, em busca da pérola sagrada?.Ficha técnica: 3.200 componentes, 25 alas, 5 carros alegóricos.Colocação em 2008: 10º lugar.História: A agremiação da Vila Madalena surgiu da união dos sambistas do Acadêmicos da Vila Madalena e do bloco Boca das Bruxas. A estreia no carnaval ocorreu no ano seguinte, em 1974.Fique atento: O abre-alas representa o templo do deus Surya. Ali, um grupo cênico com 60 atores fará uma performance com adereços de mão que simulam o fogo. O quinto carro será divido em duas partes. Na frente, uma réplica do palácio Taj Mahal. Nos fundos, o suntuoso jardim em homenagem à divindade Ganesh. A ala das baianas representará Durgha, tida pelos hindus como a mãe de Ganesh. A fantasia será vermelha e terá 10 braços, como a deusa homenageada.Repare também que a escola não usou plumas de animais na confecção das fantasias. A Madrinha da Bateria é a atriz Juliana Alves.LETRA DO SAMBA?Guiado por Surya, pelos caminhos da Índia, em busca da pérola sagrada?O vento soprou... AromaNo sonho lindo, um jardim de alegriaUma voz soberana me fez viajarParaíso de encanto e magiaPelos caminhos da Índia - Shangri-láA pérola sagrada fui buscarO símbolo mais puro do amorAliança entre o homem e o divinoTrouxe paz, sabedoriaSurya, luz que irradiaMistério da fé milenarCultura pra enriquecer, ao desvendarEm Goa respirei felicidadeDe corpo e alma na esperança de encontrarE passo a passo, amorO sol me orientouCheguei ao templo do imperadorSenti a mesma paixãoMas não vi brilhar minha joia raraVoltei ao jardimAquela voz disse assim:O carnaval vale ouroE a Índia é inspiraçãoEncontrei vocêNo meu coração!Meu batuque faz a Vila Madalena despertarA comunidade abraçouPérola Negra, o meu grande amorAutores: Mydras, Carlinhos, Bola, Ladislau e MichelIntérprete: Douglas Aguiar (Douglinhas)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.