Pequena mostra do novo folk brasileiro na Pompeia

Folk é tendência? Pode ser, mas o certo é que o neofolk brasileiro virou moda, com bandas bacanas incorporando elementos desse gênero que vem filtrado do estilo de Bob Dylan. A sensação teen do momento, Mallu Magalhães, é uma que embarcou nessa onda. O grupo cuiabano Vanguart também virou queridinho da mídia pelos mesmos motivos. Agora, um pequeno panorama dessas sonoridades pode ser visto hoje e amanhã na choperia do Sesc Pompéia, no Festival Folk. Já há alguns meses, vários grupos e solistas, nacionais e estrangeiros, têm feito shows no Studio SP, em série semelhante.O evento do Sesc reúne hoje o grupo mineiro Supercordas e o melhor expoente do gênero, o projeto MoMo, do compositor, cantor e curador do projeto Marcelo Frota. Enquanto o MoMo incorpora elementos do pop folk brasileiro, o Supercordas tem um approach com a psicodelia dos anos 60. A melancolia é seu denominador comum. Amanhã, o festival reúne o projeto do compositor Regis Damasceno, que atende pelo codinome de Mr. Spaceman, e o já citado Vanguart, o mais famoso dos quatro, que tem hits como Semáforo e Cachaça, de seu único álbum. ServiçoFestival Folk. Choperia do Sesc Pompeia (800 lug.). Rua Clélia, 93, tel. 3871-7700. Hoje e amanhã, 21 h. R$ 4 a R$ 16

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.