Pedi para voltar!

Sem vergonha de dizer que "pediu para voltar", Astrid Fontenelle reestreia, dia 20 de julho, à frente de seu Happy Hour, no GNT, que retorna ao formato ao vivo. "Quando vi que a Lorena (Calábria) ia sair (para ancorar o Dia a Dia, na Band), mandei e-mail para a Leticia Muhana (diretora do GNT) e me candidatei ao posto", conta a apresentadora. Astrid comandou a atração em 2007 e, como ela diz, "largou tudo por amor". "Foi uma choradeira, porque amava fazer. Mas queria construir uma família com meu marido e sabia que ia adotar uma criança."No meio do caminho, as coisas não saíram do jeito que ela imaginava. Astrid se separou do marido, mas adotou Gabriel, hoje com 9 meses. Agora, mesmo entre fraldas e mamadeiras, achou que era a hora de voltar. "Não sou rica, meu filhinho não tem papai e sou jornalista. Preciso trabalhar", ri. A única exigência foi que o programa migrasse do Rio para São Paulo, para conciliar trabalho com vida pessoal.Adepta da web, a jornalista quer pôr o programa no Twitter, além de manter a comunicação pelo blog e e-mail. "Queria bombar a interatividade."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.