Pé na lama

Três trilhas para você sentir a natureza sem precisar sair da cidade e três provas para fazer logo ali, a poucos minutos de São Paulo

, O Estadao de S.Paulo

26 de fevereiro de 2009 | 00h00

Pode parecer inviável fazer trekking em uma cidade de concreto como São Paulo.Mas, além de prédios e asfalto, há 24 mil hectares de Mata Atlântica (ou 30 mil campos do Estádio do Morumbi) escondidos por aqui. O suficiente para você se aventurar por uma trilha em meio à natureza sem sair da cidade. Não são muitas, mas as 14 rotas em parques têm bons desafios para calçar os tênis ou as botas. Há percursos fáceis, como a do Ipiranga, boa para crianças, e outros que exigem mais, em caminhos pelo Jaraguá, por exemplo. Se ainda assim o número de trilhas é pequeno para você, siga para o núcleo Itutinga Pilões, no Parque da Serra do Mar, a 40km da capital. Desfrutar de percursos assim são garantia de terapia antiestresse e uma forma de dar força aos músculos das pernas, mais exigidos do que em caminhadas pelo asfalto.GPS DE PAPELÀ venda nos parques estaduais, o guia ?Trilhas de São Paulo? (SMA, 2008. R$ 5) traz 40 rotas para fazer a péCAMINHOS DE SPTestamos três das 14 trilhas na cidade para você ir direto ao pontoTeste do tênisO Parque das Fontes do Ipiranga é um bom começo para amaciar os tênis. O percurso fácil, sem muitos desníveis, agrada a toda a família. O ideal é pegar a Trilha de Terra Batida e seguir até a da Nascente, uma espécie de passarela no meio da Mata Atlântica, que leva a uma das nascentes do Ipiranga (aquele do Hino Nacional). Volte pelo Lago das Ninféias, cercado por bosques onde é possível fazer piquenique.3 Extensão: 1,5km.3 Parque do Ipiranga. Av. Miguel Stefano, 3.031, Água Funda, 5073-6300. 9h/17h (fecha 2ª).R$ 1/ R$ 3 (menores de 10 e maiores de 65, grátis). Recompensa com mergulhoVencida a primeira etapa, você pode seguir para um percurso mais difícil, no Núcleo Engordador do Parque da Cantareira. Coberto pela mata, o caminho é bem fresquinho, mas é preciso fôlego para o sobe-e-desce. Quem enfrenta a trilha é brindado com três cachoeiras, todas liberadas para banho. Também pode trombar com macaquinhos sauá ou bugio. No meio do trajeto, um pouco de história: você encontra o antigo tanque de captação de água, que abastecia a capital até meados do século passado.3 Extensão: 3km.3 Cantareira. Av. Cel. Sezefredo Fagundes, 19.100, Tucuruvi, 2995-3254. 8h30/15h30 (fecha 2ª). R$ 2 (menores de 10 e maiores de 60, grátis).Visão além do alcanceA Trilha do Pai Zé, no Parque do Jaraguá, é a dica para os animados. A variação de altura do início ao fim é de 355m, ou mais de duas vezes a altura do Edifício Banespa. Após o primeiro quilômetro, o caminho fica cada vez mais íngreme até o trecho final, de ?escalaminhada? - você continua caminhando, mas eventualmente tem de se apoiar com as mãos nas pedras. Quem topa é recompensado pela vista panorâmica da cidade. Ao terminar de subir a trilha, continue pelo asfalto até o mirante, ponto mais alto de São Paulo, com 1.135m, com vista de 360º da cidade.3 Extensão: 3,6km (ida e volta).3 Parque do Jaraguá. R. Antônio Cardoso Nogueira, 539, V. Chica Luísa, 3945-4532. 7h/17h. Grátis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.