Renata Teixeira
Renata Teixeira

'Pasteur, o Cientista' traz um panorama da vida do cientista por meio da arte

Confira outros destaques em exposições como 'Contramemória', que discute o ambiente cultural e político da Semana de 22

Danilo Casaletti, Especial para o Estadão

15 de abril de 2022 | 05h00

Pasteur interativo

A exposição Pasteur, o Cientista traz um panorama da vida do cientista francês por meio de vídeos, grafismos, animações, projeções, textos e desenhos. Dividida em seis atos, a mostra traz, por ordem cronológica, as descobertas de Pasteur, entre elas, como os cristais de vinho reagem à luz de forma diferente e a cura da raiva.  O visitante também poderá se informar sobre a ligação do cientista com o Brasil, com documentos de pesquisas desenvolvidas por aqui e a admiração que D. Pedro II tinha por ele. Inauguração 3ª (19). 3ª a 6ª, 10h30/21h30; sáb., dom. e fer., 10h30/18h30. Sesc Santo André. Rua Tamarutaca, 302, Vila Guiomar, Santo André. Grátis. Até 16/10.

Cidades vistas de cima

A exposição Machina Mundi, do fotógrafo Claudio Edinger, traz as fotografias feitas para a série homônima iniciada em 2009. A busca de Edinger é por enquadramentos diferentes em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Nova York, Lisboa e Veneza. Feitas, em sua grande parte, de forma aérea, as fotos trazem a técnica chamada de foco seletivo, na qual o fotógrafo direciona a câmera para um ponto específico do cenário, aproximando a imagem captada do que é visto por nossos olhos. 2ª a sáb., 14h/18h. Theodora Home. R. Gumercindo Saraiva, 54B, Jardim Europa. Grátis.

Semana de 22

Contramemória, exposição com curadoria de Jaime Lauriano, Lilia Moritz Schwarcz e Pedro Meira Monteiro, tem como objetivo discutir o ambiente cultural e político da Semana de Arte Moderna de 1922. Para isso, coloca lado a lado obras de representantes do modernismo, como Anita Malfatti. Alfredo Volpi, Tarsila do Amaral e Di Cavalcanti, com produções de artistas contemporâneos, entre eles, Adriana Varejão, Raphael Escobar, Bertone Balduino, Ana Elisa Egreja, Lídia Lisbôa e Mídia Ninja. Nessa reflexão, há o questionamento da figura romantizada dos bandeirantes, por exemplo. Inauguração: 2ª (18), com visitas guiadas: 10h30, 12h30 e 15h. 3ª a 6ª, 11h/17h; sáb. e dom., 10h/15h. Theatro Municipal. Salão Nobre. Pça. Ramos de Azevedo, s/nº, Centro. Grátis. Reserve seu ingresso aqui. Até 5/6.

Para todos

O Museu da Inclusão, vinculado à Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo, lança a exposição Pessoa com Deficiência: Lutas, Direitos e Conquistas, a primeira mostra virtual com acessibilidade para todas as deficiências. Organizada em 5 módulos - Direitos para Quem?, Direitos e suas Trajetórias, Direito a ter Direitos, Direito à Memória e Futuro dos Direitos – ela tem como tema central direitos humanos e o entendimento de que todas as pessoas devem ter sua dignidade, liberdade e equidade asseguradas. A plataforma contém diversos recursos de acessibilidade, como avatar e intérprete de Libras, locução, audiodescrição, design acessível, ferramentas de contraste e adequação de fonte, descrição de imagem, entre outras funcionalidades. Tudo para garantir a autonomia de seus visitantes. Grátis. www.portal.museudainclusao.org.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.