Paraíso proibido

Globo blinda gravações finais da novela

Keila Jimenez, O Estadao de S.Paulo

26 de setembro de 2007 | 00h00

A Globo está armando um esquema de guerra nas gravações externas da reta final de Paraíso Tropical. Barricadas, seguranças, gravações de madrugada, tudo para tentar conter o vazamento de imagens e sonoras da novela captados por curiosos de plantão e equipes de outras emissoras.Tudo começou porque o programa de Sônia Abrão, da RedeTV!, exibiu antes que a Globo a cena em que Bebel (Camila Pitanga) vai presa. Uma equipe da emissora, que estava cobrindo os bastidores, acabou gravando o momento em que Bebel é jogada no camburão. Detalhe: a cena só vai ao ar no último capítulo, sexta-feira.O ''''furo'''' teria irritado a alta cúpula da Globo, que analisa as imagens exibidas pela RedeTV! para ver se cabe processo. A emissora resolveu vetar a participação de equipes de outros canais nas gravações de Paraíso. Fãs do folhetim, que costumam fazer platéia nas ruas, também serão mantidos a uma distância maior do que a habitual.Não é de hoje que cenas da Globo abastecem a concorrência, em uma prática por vezes condenada pela líder, mas conveniente em outras ocasiões - como nas temporadas de Big Brother.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.