Papel do príncipe foi o 1.º solo de Thiago Soares

Primeiro-bailarino do Royal Ballet de Londres desde 2003, o brasileiro Thiago Soares está de volta ao País para uma participação especial no 25º ano da tradicional apresentação de fim de ano da Cisne Negro Cia. de Dança, O Quebra-Nozes. Nas primeiras seis noites, ele vai interpretar o boneco homônimo ao espetáculo no momento em que ele se transforma em príncipe e apresenta a Clara um mundo cheio de encantos.Thiago relembra que foi exatamente esse o primeiro papel que conquistou como solista em sua carreira. Há cerca de 9 anos, quando tinha 18, o bailarino dançou o clássico natalino com o corpo de baile do Teatro Municipal do Rio, onde iniciou sua trajetória considerada tardia na dança, aos 16 anos (sua experiência vinha, até então, da dança de rua).No próximo dia 26, o brasileiro voa de volta para Londres para apresentar O Quebra-Nozes na casa do Royal Ballet, em Covent Garden.A respeito de sua última aparição em São Paulo, em agosto, Thiago lamenta: em sua opinião, foi um erro ter deixado a capital paulista para o fim da turnê de Thiago Soares & Friends, que passou por um total de seis cidades. "Cheguei ?morto?. Queria ter dado o melhor de mim, mas admito que dancei muito mal. E ainda tivemos de lidar com problemas na produção", diz. "É uma realidade do teatro: ao vivo e em cores. Não sou como um galã de novela que pode passar a cena do beijo sete vezes até o cabelinho ficar bonito. Teatro é a verdade ali, na hora. E esse é o barato."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.