SERGIO CASTRO|ESTADÃO
SERGIO CASTRO|ESTADÃO

'Paisagem nas Américas' ganha prêmio de melhor exposição e será tema de simpósio

Temas da mostra, premiada pela Association of Art Museum Curators; serão debatidos na Pinacoteca do Estado nos dias 23 e 24

Camila Molina, O Estado de S. Paulo

11 de maio de 2016 | 20h21

A mostra Paisagem nas Américas - Pinturas da Terra do Fogo ao Ártico, que fica em cartaz até 29/5 na Pinacoteca do Estado de São Paulo, ganhou o prêmio de excelência da Association of Art Museum Curators como melhor exposição de 2015 na América do Norte.

Reunindo mais de 100 obras, entre elas, criações de Georgia O'Keeffe, Armando Reverón e Tarsila do Amaral, a mostra é fruto de uma parceria iniciada em 2010 entre o museu brasileiro, a Art Gallery de Ontario, Canadá, e a Terra Foundation for American Art, dos EUA. A exposição já foi apresentada na Art Gallery de Ontario e no Crystal Bridges Museum of American Art de Bentonville, EUA, até chegar este ano a São Paulo. Os curadores Valeria Piccoli, da Pinacoteca, Georgiana Uhlyarik, da Art Gallery de Ontario, e Peter John Brownlee, da Terra Foundation, receberam a premiação nesta segunda-feira, 9, em Houston.

Mais ainda, Paisagem nas Américas será tema de um simpósio internacional nos dias 23/5 e 24/5 antes de seu encerramento na Pinacoteca do Estado de São Paulo. Temas como Paisagem e Identidade, Paisagem e História Natural, Fronteiras e Territórios e Modernidade e Paisagem serão algumas das questões discutidas por especialistas brasileiros e estrangeiros no auditório da sede do museu, localizada na Praça da Luz, 2.

O evento, com tradução simultânea, terá entrada gratuita. Os interessados devem inscrever-se previamente por meio do e-mail pinacotecasp@pinacoteca.org.br. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 3335-4990.

A Pinacoteca também vai promover uma mesa-redonda no dia 14/5, das 11 h às 13 h, sobre a obra Tiamm Schuoomm Cash!, que José Spaniol apresenta no octógono do museu. O artista participará da conversa com o público ao lado do curador Ivo Mesquita e do pintor Marco Giannotti. O bate-papo vai ser mediado pelo diretor da Pinacoteca, Tadeu Chiarelli. Já a exposição Marcelo Zoochio e a Imagem Materializada será tema de encontro programado para ocorrer no museu no dia 20/5, das 16 h às 18 h, no auditório do museu. A mesa-redonda contará com a presença de Zocchio, dos curadores Felipe Chaimovich e Heloisa Espada e Chiarelli.

 Veja abaixo a programação completa do simpósio Paisagem nas Américas e os estudiosos convidados:   

23/5 | Segunda-feira

Atividades

10h – 10h15

Abertura

10h15 – 11h15

Paisagem e Identidade

 

Katherine Manthorne (Centro de Pós-Graduação da City University, Nova York)

Doutora pela Columbia University, seus interesses de pesquisa são os entrecruzamentos entre a arte norte-americana e latino-americana no período entre 1750 e 1950, com ênfase na pintura de paisagem de artistas viajantes. É autora de Tropical Renaissance. North American Artists Exploring Latin America, 1839-1879 (1989) e Traveler Artists: Landscapes of Latin America from the Patricia Phelps de Cisneros Collection (2016).

 

Claudia Mattos Angolese (Instituto de Artes, UNICAMP)

Doutora em História da Arte pela Universidade Livre de Berlim, desenvolve pesquisas nos seguintes temas: história da arte do século XVIII, Winckelmann, arte do século XIX no Brasil, arte moderna brasileira, Lasar Segall, vanguardas européias, expressionismo alemão. É atualmente Presidente do Comitê Brasileiro de História da Arte.

 

11h30 – 12h30

Conversas na exposição

12h30 – 14h

Almoço

14h – 15h15

Painel 1: Paisagem e História Natural

 

Pablo Diener (Departamento de História, Universidade Federal do Mato Grosso)

Doutor em História da Arte pela Universidade de Zurique, concentra suas pesquisas nas expedições artísticas e científicas pelas Américas nos séculos XVIII e XIX. É autor do catálogo completo da obra de Johann Moritz Rugendas e de estudos monográficos sobre Alexandre von Humboldt.

 

Leticia Squeff (Departamento de História da Arte, UNIFESP)

Doutora pela Universidade de São Paulo, é autora de O Brasil nas letras de um pintor (2004), Uma galeria para o Império (2012) e vários artigos sobre a arte brasileira e sul-americana do final do século XIX e início do século XX.

 

Elaine Dias (Departamento de História da Arte, UNIFESP)

Doutora pela Universidade de São Paulo, é autora de vários artigos sobre a arte francesa e sobre a Academia de Belas Artes no Brasil no século XIX, bem como do livro Paisagem e Academia: Félix-Émile Taunay e o Brasil (2009).

 

15h30-16h30

Painel 2: Fronteiras e Territórios

 

Roberto Amigo (Historiador da arte e curador independente)

Foi Curador-chefe do Museo Nacional de Bellas Artes de Buenos Aires. Realiza pesquisas sobre arte na América do Sul nos séculos XIX e XX. Foi curador de exposições como Las armas de la pintura. La Nación en construcción (Buenos Aires, 2008) e Territorios de Estado. Paisaje y cartografía. Chile, siglo XIX (Santiago, 2009). Foi também editor do catálogo do Bicentenário do Museo Nacional de Bellas Artes de Buenos Aires.

 

Anna Hudson (York University, Toronto)

Historiadora de arte, curadora, escritora e educadora especialista em arte e cultura visual canadenses e indígenas da York University, Toronto. Atualmente dirige um projeto de bolsa de estudos em parceria com a Social Sciences and Humanities Research Council of Canada intitulada Mobilizing Inuit Cultural Heritage: A Multi-Media/Multi-Platform Re-Engagement of Voice in Visual Art and Performance

 

24/5 – Terça-feira

Atividades

10h – 11h

Arte nas Américas. Coleções, museus e curadoria

 

Gabriel Pérez-Barreiro (Colección Patricia Phelps de Cisneros, Nova York)

Doutor em Latin American Art History pela University of Essex, Inglaterra, foi Diretor de Artes Visuais da The Americas Society (Nova York), Curador de Arte Latinoamericana do Blanton Museum of Art da University of Texas (Austin) e Curador Chefe da 6a Bienal do Mercosul (Porto Alegre).

 

Georgiana Uhlyarik (Art Gallery of Ontario, Toronto)

Curadora associada de Arte Canadiense de la Art Gallery of Ontario, Toronto. É co-curadora da exposição Paisagem nas Américas.

 

11h15 – 12h30

Conversas na exposição

12h30 – 14h

Almoço

14h – 15h

Painel 3: Modernidade e Paisagem

 

Jason Weems (University of California, Riverside)

Professor adjunto de História da Arte, é autor do livro Barnstorming the Prairies: How Aerial Vision Shaped the Midwest (2015) e numerosos artigos sobre a representação visual de paisagens nas Américas.

 

Alexandra Kennedy (Faculdad de Arquitectura y Urbanismo, Universidad de Cuenca)

Doutora em História (Pontifícia Universidad Católica de Ecuador) e mestre em História da Arte Latinoamericana (Tulane University, Nova Orleans), concentra suas pesquisas na arte e arquitetura colonial e republicada do Equador e países andinos. Entre suas diversas publicações estão: Rafael Troya. El Pintor de los Andes Ecuatorianos (1999) e Escenarios para una patria. Paisajismo ecuatoriano 1850-1930 (2008).

 

15h15 – 15h30

Encerramento

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.