Os efeitos do crescimento urbano, por Milton Santos

Este livro, publicado originalmente pelo Centre de Documentation Universitaire, de Paris, tem grande valor historiográfico, pois se constitui como marco da geografia urbana no País. A obra, escrita em francês e traduzida por Antônia Dea Erdens e Maria Auxiliadora da Silva, apresenta a perspectiva conceitual e metodológica que marca a produção do geógrafo baiano Milton Santos (1926-2001). Suas análises, produzidas nos anos 1980, anteciparam os processos do crescimento urbano e os seus efeitos. O tecido urbano é visto por Milton como lugar de confrontos, propício à demagogia do Estado com os setores sociais vulneráveis. Ali ele começa a desenvolver o conceito de período popular da história.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.