Origens das ligações entre o Estado e a elite do País

A Formação da Elite Colonial mostra as relações entre a Coroa portuguesa e seus vassalos, exacerbadas com o tempo. Rodrigo Ricupero demonstra como a colonização de novas terras só podia ser assumida por vassalos com recursos. Prestava-se o serviço, que depois seria recompensado com mercês materiais e simbólicas. Constituiu-se, assim, uma elite poderosa, dona de terras e escravos, associada ao governo, no período entre 1530 e meados do século seguinte. A formação de uma elite colonial se realizou juntamente com a consolidação do domínio português na costa atlântica e a instalação de uma estrutura produtiva. Os laços de solidariedade entre o poder econômico e o político estavam atados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.