AFP
AFP

Óculos de Monet são leiloados por mais de 50 mil dólares em Hong Kong

Venda incluía objetos raros, como croquis em lápis do pintor e impressões japonesas sobre madeira da coleção do artista

O Estado de S.Paulo

27 de novembro de 2017 | 11h05

Uma coleção de telas e objetos que pertenceram ao pintor francês Claude Monet foi leiloada por 11 milhões de dólares em Hong Kong, incluindo seus óculos, que foram vendidos por mais de 50 mil dólares, anunciou a Christie's.

O leiloeiro não informou a identidade do cmprador asiático que comprou por 51.457 dólares os delicados óculos, avaliados entre 1.000 e 1.500 dólares.

Esta venda incluía um certo número de objetos raros, como um croquis em lápis do pintor e impressões japonesas sobre madeira procedentes da coleção pessoal do artista.

No total, esses objetos, que pertenceram ao mestre do impressionismo (1840-1929), foram comprados por 10,99 milhões de dólares.

** O limite do mercado da arte depois da marca de Leonardo de Da Vinci

O recorde para um quadro de Claude Monet foi alcançado em novembro de 2016 com "Almiar", que faz parte de uma série pintada pelo artista no período 1890-1891 em sua casa na Normandia, noroeste da França.

O quadro foi vendido por 81,4 milhões de dólares em um leilão organizado pela Christie's em Nueva York.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Claude Monetleilão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.