Obras de câmara no teatro, na rua, na balada...

Segunda edição do Oferenda Musical começa hoje e ocupa espaços espalhados pela Barra Funda

João Luiz Sampaio, O Estadao de S.Paulo

19 de junho de 2009 | 00h00

Aos poucos, a música de câmara vai deixando de ser o patinho feio da vida musical brasileira. E, nesse processo, tem sido importante a realização do Oferenda Musical, festival dedicado inteiramente ao gênero, que dá a largada à sua segunda edição hoje no Teatro São Pedro, com direção artística do oboísta e maestro Alex Klein. Ao todo, até o dia 27, serão dez concertos, com obras de 24 compositores segundo a interpretação de 35 músicos de todo o mundo.A abertura oficial é hoje à noite, com peças de Villa-Lobos (um dos homenageados do evento, ao lado da música francesa), Mozart e A História do Soldado, de Igor Stravinsky, em versão brasileira de Felipe Senna e Armando Bravi (a regência é de Klein e a direção cênica, de Caetano Vilela). Entre os músicos envolvidos na apresentação estão o violinista Daniel Guedes, o contrabaixista Sérgio de Oliveira, o clarinetista Ovanir Buosi e o fagotista Fábio Cury, algo como um "dream team" da música paulistana, dando uma boa amostra da qualidade dos solistas envolvidos no festival: o pianista Ricardo Ballestero, o oboísta Joel Gisiger, o violoncelista Antonio Lauro Del Claro, o flautista Rogerio Wolff, o violonista Fabio Zanon, o trompista Luiz Garcia... e por aí vai.Antes de cada apresentação, o Oferenda Musical criou para este ano uma novidade, o Prelúdio, conversa com a plateia sobre as peças a serem apresentadas (no domingo pela manhã, haverá até um brunch no São Pedro, para músicos e público). Outra novidade é o Oferenda Barra Funda Musical: das 11 às 14h30, músicos estarão se apresentando em diversos pontos do bairro, como as estações Barra Funda e Marechal Deodoro do metrô, a Casa Mário de Andrade, restaurantes, praças públicas. Quem quiser, pode sair de bicicleta do Memorial da América Latina e, com acompanhamento de monitores, fazer o trajeto dos concertos. Mais programas alternativos? No dia 27, à meia-noite, a casa Clash, localizada nas imediações do Teatro São Pedro, vai abrigar uma balada erudita, com música de câmara ao vivo e participação do DJ Anderson Noise. ServiçoOferenda Musical. Teatro São Pedro. Rua Barra Funda, 171, telefone 3667-0499. Hoje, 20h30; sáb., 2.ª a 5.ª, 19h45; dom., 10h15. R$ 10. Até 27/6 - www.oferendamusical.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.