Obra modelar ganha novo capítulo em edição revista

Publicado em 1982 e transformado em obra modelo para historiadores, A Abolição ganhou novo capítulo nesta sua oitava edição. Nele, Emília Viotti da Costa propõe um texto que ultrapasse a linguagem acadêmica sem perder o rigor historiográfico. Assim, ela pôde esclarecer o público leigo sobre as complexidades políticas, econômicas, sociais e ideológicas do processo de abolição da escravatura no Brasil. Sinteticamente, Emília mostra diferentes momentos históricos: da discussão de leis por parlamentares aos levantes de escravos. A conclusão da historiadora social é que a abolição foi "uma vitória do povo e - poderíamos acrescentar - uma conquista dos negros livres e escravos".

, O Estadao de S.Paulo

27 de junho de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.