Obra de Vladimir Safatle discute o sentido da crítica na atualidade

As antigas formas de pensar vieram a pique e o fim das ideologias foi proclamado. Para discutir essas e outras idéias, Vladimir Safatle, professor de Filosofia da USP, escreveu Cinismo e Falência da Crítica (Boitempo, 216 págs., R$ 36), seis artigos que abordam temas como dialética, sexualidade, estética e política, resgatando conceitos de Adorno, Freud, Lacan e Hegel. Ele será lançado hoje, às 19h30, em debate no Auditório de Geografia da USP (Rua do Lago, 717), do qual participam Paulo Arantes, Maria Rita Kehl e Christian Dunker.

O Estadao de S.Paulo

05 de agosto de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.