Anthony Wallace/AFP
Anthony Wallace/AFP

Obra clássica de Modigliani irá a leilão por 150 milhões de dólares

Quadro foi pintado em 1917, pouco antes da morte do artista

Reuters

24 Abril 2018 | 15h22

HONG KONG - Uma obra do artista italiano Amedeo Modigliani irá a leilão em Nova York no próximo dia 14 de maio. O quadro está estimado em 150 milhões de dólares, segundo informações da casa de leilões Sotheby's.

+++ Exposição em Nova York mostra investigações de Modigliani

Nu Couché (Nu Deitado em português) mostra a figura de uma mulher deitada sobre lençóis brancos, olhando por cima de seu ombro e fixando o olhar para o espectador.

+++ Masp exibe obras de Amedeo Modigliani

Pintada em 1917, pouco tempo antes da morte do artista, aos 35 anos, a obra da mulher, que acredita-se ser uma modelo profissional, é a mais famosa do italiano. Ela é descrita como a "a mais ambiciosa de todas".

+++ Mostra de Modigliani na Itália pode ter obras falsas

"Modigliani cria um novo tipo de nu para a era moderna", disse Simon Shaw, chefe do Departamento de Arte Moderna e Impressionista da Sotheby's. "Tipicamente tem havido uma distância entre o espectador de um nu e o modo em que o nu é representando. Aqui, Modigliani os coloca em um nível. Se você observar o olhar dela, o modo em que ele se encontra e o seu, ela é muito erótica, mas ela é muito confiante em sua sexualidade, e isso é algo incrivelmente novo", complementa Shaw.

Ao fazer o anúncio global em Hong Kong, a casa de leilões espera tocar no que Shaw chamou de "crescente demanda" de colecionadores asiáticos, incluindo China, Cingapura e Indonésia.

Mais conteúdo sobre:
Amedeo Modigliani

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.