O tiroteio do OK Corral, por John Ford

Em 1946, John Ford ainda não havia feito sua célebre declaração, anunciando-se como ''diretor de westerns'', mas já acrescentara ao gênero obras como No Tempo das Diligências. Paixão dos Fortes, daquele ano, é a atração de hoje da TV aberta (ao lado). O filme conta a história do tiroteio do OK Corral, quando o delegado Wyatt Earp e seu amigo Doc Holiday enfrentaram a quadrilha dos Clanton. Ford contou sua história como afirmava tê-la ouvido do próprio Earp, que serviu de consultor de faroestes, nos primórdios do cinema mudo. Com o tempo, as pesquisas mostraram que o episódio não foi tão heróico assim, mas o filme é exemplar do estilo minucioso do grande diretor e expressão do seu tema favorito - quanto custa construir uma civilização.

Luiz Carlos Merten, O Estadao de S.Paulo

10 de julho de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.