O Shakespeare bem-humorado

A Comédia dos Erros tem Claudia Missura entre 12 atores

Beth Néspoli, O Estadao de S.Paulo

05 de junho de 2009 | 00h00

Se bem usado, tem comicidade garantida o recurso da troca identidade entre gêmeos. Mais ainda se quem faz uso desse recurso num texto teatral é um gênio da literatura dramática como Shakespeare. Melhor se tal peça encontra elenco e direção capazes de explorar todas as suas possibilidades de provocar o riso do espectador.A montagem de A Comédia dos Erros, de Shakespeare, que estreia hoje para o público no Teatro Imprensa, ao que tudo indica, reúne todos esses elementos e tem potencial para uma carreira de sucesso. No elenco de 12 atores, estão bons comediantes como Bruno Garcia e Claudia Missura; Fabio Namatame criou os figurinos e a direção é assinada por Carlo Milani e Jairo Mattos. "Fizemos uma marcação circular, de picadeiro, o que dá agilidade e provoca um efeito muito interessante no palco", diz Mattos.A trama gira em torno de irmãos gêmeos separados por um naufrágio que possuem criados também gêmeos. "Com maestria, Shakespeare cria uma estrutura em que os personagens se envolvem nas maiores encrencas, sem conseguir entender por que as coisas ocorrem, ao passo que o espectador entende com absoluta clareza as causas das confusões", diz Milani. Em sua concepção, esse diretor usou um elemento certeiro para o riso. O atores Bruno Garcia e Marcelo Laham interpretam respectivamante o nobre e seu criado, e se desdobram no papel dos gêmeos. "O público sabe que esses personagens têm de se encontrar em algum momento, e cria-se uma expectativa quanto à solução cênica que dará conta disso." ServiçoA Comédia dos Erros. 110 min. 12 anos. Teatro Imprensa (449 lug.). Rua Jaceguai, 400, tel. 3241-4203. 6.ª e sáb., 21 h; dom., 19 h. R$ 50/R$ 60. Até 30/8

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.