O sensorial Persécution, de Chéreau

Em Persécution, Patrice Chéreau usa a câmera rente ao rosto dos atores e os acompanha em planos-sequência muito elaborados. Romain Duris é Daniel, pequeno empreiteiro que mantém caso conflituoso com Sonia (Charlotte Gainsbourg). Além disso, enfrenta assédio de um homem, aparentemente louco, que o segue por toda parte e se diz apaixonado por ele.O filme é intenso, palavroso às vezes, mas sensorial sempre. Mostra um rapaz em busca de eixo simbólico para orientar-se na vida, e essa procura é dilacerada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.