O Oeste selvagem inspira Sam Peckinpah a falar sobre os EUA

O Oeste, para o cineasta Sam Peckinpah, era o local ideal para se contar a tragédia americana. É o que propõe no faroeste Meu Ódio Será Sua Herança, que o canal TCM, especializado em clássicos, exibe hoje, às 22 h.Trata-se da célebre história dos veteranos fora da lei que decidem se aposentar. Antes, porém, planejam um grande golpe. O filme conta a história, portanto, da perseguição desses bandidos, interpretados por um grupo nada desprezível de atores: William Holden, Robert Ryan e Ernest Borgnine entre outros grandes nomes.Para muitos, Sam Peckinpah foi o cineasta que reinventou a violência no cinema - o uso da câmera lenta para registrar os momentos mais dramáticos de confronto.Parte de sua família tinha sangue índio e ele gostava de dizer que descendia de um grande cacique. Daí uma explicação para a ferocidade com que desenvolveu uma visão de mundo do Oeste selvagem e, por extensão, da própria sociedade americana.Uma única restrição se impõe contra o TCM: a disposição em exibir quase unicamente filmes dublados. Não se trata de crítica ao belo trabalho dos profissionais brasileiros, mas nada ultrapassa o frescor original.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.