O mais ilustre caruaruense

Música e artesanato fizeram de Mestre Vitalino um caruaruense conhecido no mundo inteiro. Se estivesse vivo, completaria 100 anos em 2009. Por isso, é o homenageado especial no São João de Caruaru, em Pernambuco.De origem humilde, filho de lavradores, Vitalino Pereira dos Santos nasceu em 10 de julho de 1909 e morreu em 1963. Quando criança, aprendeu a fazer as primeiras peças de barro com sua mãe, que construía utensílios domésticos com argila, vendidos a preços bem baixos na tradicional Feira de Caruaru.Seu sucesso como ceramista, depois de expor na 1.ª Exposição de Cerâmica Pernambucana, no Rio, acompanhou o ritmo de suas composições para a banda Zabumba Vitalino, na qual tocava o pífano principal. Vitalino virou estrela nacional, ganhou reportagens, participou de programas de televisão e viajou para fora do País para mostrar sua arte.Tornou-se referência para inúmeros artesãos nordestinos e, quando morreu, já era considerado um autêntico mestre de Caruaru. E um dos principais artistas populares do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.