O fracasso de Henry Ford no coração do Amazonas

Fordlandia - The Rise and Fall of Henry Ford"s Forgotten Jungle City conta a "tentativa quixotesca de recriar uma miniatura dos Estados Unidos no coração amazônico". Em 1927, Henry Ford, um dos homens mais ricos do mundo, comprou no Amazonas um terreno duas vezes maior do que o Estado de Delaware. Seu objetivo era plantar seringueiras e mandar borracha para o seu país. Seu projeto afundou, entre outros motivos, porque os nativos rejeitaram sua concepção de trabalho. Ao mesmo tempo, seu sistema de produção em massa acarretou danos à floresta tropical. Segundo o historiador Greg Grandin, o fracasso de Ford mostra como a natureza não se deixa domar pelo capitalismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.