Quiroga, e-mail: astro@o-quiroga.com, O Estadao de S.Paulo

19 de novembro de 2007 | 00h00

Data estelar: Marte recebe a quadratura de Vênus e o trígono de Mercúrio; a Lua cresce no signo de Peixes.Enquanto isso, aqui na nave Terra no futuro a nossa época será chamada de ''''Fim da Era do Medo''''. Tudo se baseia no medo: a política, a educação, os afetos e a religião. O medo permeia todos os pensamentos e sentimentos, assim como também norteia os passos de toda nossa humanidade. Contudo, e ainda que esteja bem arraigado em nossas almas, o medo não se pode arrogar o direito de ser eterno, comprovando-se que seu prazo de validade vence exatamente agora, enquanto você lê estas palavras. Parece incrível que o medo venha a deixar de existir, mas guarde esta idéia consigo e note o seguinte: uma vez que a percepção humana avance dentro do que até hoje foi considerado o mundo invisível do espírito, fantasmas e monstros perderão seu encanto, e todo o sistema será derrubado.ÁRIES 21-3 a 20-4Os relacionamentos atuais são arriscados, porém necessários. Você terá de luzir seu espírito de aventura perante este panorama, já que não haveria forma de garantir sucesso nem tampouco decepção. Tudo é arriscado mesmo!TOURO 21-4 a 20-5Prestar serviço a alguém, ser útil aos planos alheios é algo que nunca deveria brindar com a sensação de ter perdido independência ou, pior, de a vida ter ficado submetida ao comando de outrem. Ser útil é uma condição sagrada.GÊMEOS 21-5 a 20-6Você será mais você, você será mais brilhante e causará mais impacto e boa impressão na mesma medida em que se dedicar a fazer menos propaganda de si e, pelo contrário, arregaçar as mangas e fizer tudo sem grande alarde.CÂNCER 21-6 a 21-7A vontade de superar as contrariedades se iguala à de embarcar em aventuras, porém, de fato são duas coisas absolutamente diferentes entre si. De um lado há as adversidades que limitam, e do outro há o espírito de aventura, que entusiasma.LEÃO 22-7 a 22-8Ainda que o espírito de aventura fique aventando conselhos em seus ouvidos, você reconhece serem poucas as chances de ocorrer algo diferente da rotina. Por isso, e por enquanto, a aventura ficará mesmo por conta da imaginação.VIRGEM 23-8 a 22-9Por trás das dificuldades acenam as oportunidades: você já deve ter ouvido falar essa frase, e também, com certeza, não gostou muito do seu sentido, já que o estresse das dificuldades encobre a visão das oportunidades.LIBRA 23-9 a 22-10A hora de renovar-se é agora mesmo, pelo que sua alma nem deveria tratar o tempo como um dilema, pois é propício iniciar tudo já. O que ainda, talvez, alimente o dilema, é que certos desejos terão de sacrificar-se em nome de outros.ESCORPIÃO 23-10 a 21-11As suas boas intenções não coadunam com as atitudes tomadas concretamente. Pense um pouco: as pessoas não têm como adivinhar suas subjetivas intenções, elas só tem os sinais externos para julgar você. Entendeu?SAGITÁRIO 22-11 a 21-12Evidentemente, não há como dar certo a perspectiva de fazer algo diferente do combinado. Por isso, se você aceita formalmente fazer as coisas de determinado jeito, melhor será cumprir o combinado, ainda que o processo seja difícil.CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1Os resultados práticos estão a caminho, pelo que você não devia gastar mais energia em preocupações a esse respeito. Ocupe sua mente em novas perspectivas, permitindo, assim, que a divina providência tome conta de tudo.AQUÁRIO 21-1 a 19-2Idéias de outrora que se transformam em realizações atuais, eis o espírito da felicidade, o qual não poderia depender de circunstâncias para acontecer, mas de sua força de vontade, pois de outra forma não seria felicidade, mas sorte.PEIXES 20-2 a 20-3No meio dos tumultos e das perturbações, sua alma começa a vislumbrar que terá valido a pena a passagem pelo vale sombrio do desânimo e da incerteza, que já se estende há muito tempo, tempo demais até. O horizonte começa a clarear.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.