Nos clássicos, boa é a dupla Meneses/Beethoven

Disco do violoncelista brasileiro é excelente opção de presente tanto para neófitos quanto para experts

João Luiz Sampaio, O Estadao de S.Paulo

22 de dezembro de 2008 | 00h00

O disco Obra Completa Para Piano e Violoncelo (selo Clássicos, nacional) serve de bom presente tanto para neófitos como para melômanos. Quem não conhece a obra de Beethoven tem, em suas peças para os dois instrumentos, uma boa porta de entrada: são fascinantes e ajudam a conhecer as diversas fases da carreira do compositor. Já quem coleciona gravações na estante, não pode ficar sem mais essa, ponto alto não apenas da parceria do violoncelista brasileiro Antonio Meneses com o pianista Menahem Pressler, como também da sua trajetória como intérprete.Pequena jóia lançada agora no fim do ano, o disco Cavaleiro Neukomm: Criador da Música de Câmara no Brasil (Biscoito Fino) revisita a obra do austríaco Sigismund Neukomm, autor preferido de Haydn, que chegou ao Brasil com a corte portuguesa e aqui escreveu algumas de suas principais obras (a interpretação, soberba, é da dupla Rosana Lanzelotte e Ricardo Kanji). Na mesma linha, para quem se interessa pela história musical do País, A Música na Corte de D. João VI, de André Cardoso (Martins Editora) é uma excelente opção.O disco da soprano Renée Fleming dedicado à obra de Strauss (Decca, importado) coloca sua interpretação das Quatro Últimas Canções entre as mais interessantes já feitas - e olha que não são poucas. Também de Fleming, para quem curte jazz, o disco Haunted Heart (Phillips, importado) é incrível - ela sabe bem o que faz e está completamente à vontade também nesse repertório. Entre os DVDs, a série que o Metropolitan Opera começou a lançar com produções recentes de suas temporadas (Deutsche Grammophon) inclui eternas favoritas como Manon, de Massenet, e estréias, entre elas de The First Emperor, nova ópera do compositor chinês Tan Dun.Os maestros Leonard Bernstein e Herbert Von Karajan, ambos homenageados ao longo do ano, também receberam novas edições de seus registros. Sinfonias de Beethoven, Brahms e Mozart com os dois são boas opções. Como escolher entre elas? Feche os olhos e... "minha mãe mandou bater neste daqui...". Difícil errar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.