No MinC, MAM e Masp têm planos barrados

O Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) pediu autorização à Lei Rouanet para tentar a aquisição, em 2008, de obras dos artistas Miguel Rio Branco, Ricardo Basbaum, Felipe Barbosa e Letícia Parente. As peças, cujo valor é estimado em R$ 293 mil, seriam incorporadas ao acervo do museu. O Ministério da Cultura, no entanto, pediu "complementação de documentos" para autorizar a transação. Outro museu paulista que tem projeto na mesma situação é o Masp. O museu, que teve um Picasso e um Portinari furtados no último dia 20, pediu R$ 519 mil para o "Prêmio Masp de Artes Visuais". O projeto foi retirado da pauta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.