No ar, sem intervalo

Globo e Record engavetaram anúncios

Keila Jimenez, O Estadao de S.Paulo

02 de junho de 2009 | 00h00

Valeu de tudo: breaks a menos, chamada longa no Jornal Nacional, exclusiva com Susan Boyle... O Fantástico de anteontem se armou até os dentes e conseguiu não ser atingido pela estreia do novo reality show da Record, a Fazenda.A revista eletrônica da Globo registrou média de 24 pontos, ante 16 pontos do novo concorrente. Ótimo desempenho, uma vez que a Record conseguiu aumentar em 30% sua audiência no horário. A guerrilha começou no sábado, com um longo espaço no Jornal Nacional para Patrícia Poeta e Zeca Camargo anunciarem os destaques de seu programa. Fato tão inédito como a emenda do Domingão do Faustão com Fantástico, sem nenhum intervalo comercial, para evitar o zapping.A mesma estratégia foi usada durante o programa. Segundo a Controle da Concorrência, empresa que monitora as inserções para o mercado, o Fantástico de anteontem teve 4 minutos a menos de propagandas em relação a edição do dia 24. A atração chegou a ficar 41 minutos no ar, sem breaks. A Record também bebeu na mesma fonte. A Fazenda chegou a permanecer 1h16 no ar, sem nenhum break comercial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.