Neocaipiras

Ué, cumpadre. Você por aqui?- Pois é, cumpadre. - Você não ia viajar neste verão?- Ia, cumpadre. Aliás, já fui.- E já voltou? Pensei que você fosse dar a volta ao mundo.- E dei.- Mas assim, tão rápida?- Sabe como é, cumpadre. O tal de dólar subiu e... Tive que mudar meus planos.- Não foi ao Peru?- Fui à galinha. O Peru ficou muito caro.- Não conheceu Lima?- Só um gomo. A Lima estava muito cara.- E o tour pelas Bermudas?- Muito caro. Fizemos um giro pelo Calção.- Não foi a Pago-Pago?- Estava muito caro-caro. Fiquei em Cobro-Cobro.- Cobro-Cobro, cumpadre?- Fica perto de Devo-Devo.- Chegou a ir a Honolulu?- Só a Hono.- O lulu...- Ficou de fora.- Cê ficou com o lulu de fora, cumpadre?- Pra você vê, cumpadre.- Foi a Cingapura?- Só a Cingamisturada. A pura era mais caro.- E a China?- À China eu fui. Parece São Paulo, né?- Por que, cumpadre?- Assim de japonês.- E viram a Grande Muralha?- Só a Pequena Cerca. A Grande Muralha era mais caro.- Cantão?- Cantinho. Depois fomos a Aquarela.- Aquarela, cumpadre?- Podia escolher entre Nanquim e Aquarela...- E Nanquim era mais caro, sei. Continua.- Paquistinho...- Em vez de Paquistão, certo.- Afeganistinho.- Em vez de Afeganistão, claro. E voltou pelo Oriente Médio?- O Oriente Pequeno. O Médio era mais caro.- E o Oriente Tamanho Família, então, nem pensar. Viu o Mar Morto?- Já tinham enterrado.- E o Rio Amarelo?- Esse eu vi.- E o Mar Vermelho?- Vi.- E a Gruta Azul?- Também vi. Mas tudo em preto-e-branco.- Cumpadre, por que nós tamo falando assim, feito caipira?- Porque o dólar baixo faz a gente pensá que é rico, viajá, se sofisticá e descobrir o foie grá e depois o dólar sobe e a gente se dá conta do que é. Caipira mesmo.- Chô égua, seu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.