Navalha Afiada

Gero Camilo, Gustavo Machado e Paula Cohen exploram novas leituras do clássico Navalha na Carne, de Plínio Marcos, agora no Centro Cultural São Paulo. Para eles, a relação de opressão entre o cafetão Vado, a prostituta Neusa Sueli e o homossexual Veludo extrapola seu ambiente e atinge outras classes sociais. Afinal, violência não é necessariamente fruto da miséria.ServiçoNavalha da Carne. CCSP (120 lug.). Rua Vergueiro, 1.000, 3383-3402. 3.ª a 5.ª, 21 h. R$ 15. Até 19/2

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.