Narrativas coloquiais sobre três mulheres

Publicado em 1909, Três Vidas é composto por três novelas sobre a história de três mulheres: Anna (A Boa Anna), Melanctha (Melanctha) e Lena (A Gentil Lena). As narrativas, ambientadas entre negros e imigrantes pobres, exibem as marcas da autora - a coloquialidade, as referências biográficas e o uso de adjetivos. A americana Gertrude Stein (1847-1946), personalidade fundamental do movimento vanguardista francês - que reuniu em sua casa, em Paris, artistas das artes plásticas, do cinema e da literatura -, disse ter sido imensamente influenciada por Gustave Flaubert e Paul Cézanne. O título Três Vidas é uma referência a Três Contos, do escritor francês. O posfácio é de Flora Süssekind.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.