Mutantes: inédita em tributo italiano

Álbum, que está à venda na Baratos Afins, reúne bandas indies e uma faixa não lançada pelo grupo, tocada num filme de 1968

Lauro Lisboa Garcia, O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2030 | 00h00

A lenda dos Mutantes continua a se espalhar pelo planeta. No fim de julho saiu na Itália o álbum Jardim Elétrico - A Tribute to Os Mutantes, pelos selos Madcap Collective e Silly Boy, que acaba de chegar a São Paulo em edição importada. Nas 15 faixas, entre gravações exclusivas e duas mais antigas, várias bandas indies italianas e de outras procedências regravaram algumas das melhores composições do grupo - como Top Top, 2001 (parceria com Tom Zé), O Relógio, Senhor F. e Trem Fantasma - e clássicos alheios que se tornaram indissociáveis de seu repertório, como A Minha Menina (Jorge Ben), Panis et Circensis e Batmacumba (ambas de Caetano Veloso e Gilberto Gil), Adeus Maria Fulô (Humberto Teixeira/Sivuca).    Ouça trechos de Mysterious White Roses e Ave Gengis Khan no siteCom uma ou outra citação, as versões são bem diferentes dos originais, mas nem por isso desinteressantes, ao contrário, o tributo é muito bom. Além disso, o inusitado do projeto é que tem uma faixa inédita em disco, Mysterious White Roses (composta e arranjada por Rogério Duprat), que os Mutantes tocaram ao vivo no filme As Amorosas, de Walter Hugo Khouri, em 1968, mas nunca lançaram em disco. Quem interpreta no CD é a banda punk californiana White Flag e o arranjo psicodélico tem um longo vocalise, que remete a The Great Gig in the Sky, do Pink Floyd.Além do White Flag, o outro nome mais conhecido no álbum é Sean Lennon, que se encarregou de dar um trato em Trem Fantasma, ao lado de Yuka Honda e do percussionista brasileiro radicado nos Estados Unidos Cyro Baptista, que dividem os vocais com ele. É uma das melhores faixas. Outra é Ave Gengis Kahn, por The Earlies, em arranjo vintage cheio de variações. Outro momento de pico é Algo Mais, que virou Arnaldo Said pelo Wondermints, em gravação do álbum Bali, de 1998, e mistura psicodelia com levada de latin boogaloo no ótimo arranjo.Difícil para os gringos é pegar o suingue de Batmacumba e A Minha Menina. Mas até que o Tater Totz (em gravação de 1984) e o Residual Echos, respectivamente, fazem um bom barulho em nome da diversão. Oswald na versão latin folk acústica de Dois Mil e Um também. Frank Delano, com o GRES Unidos do Berimbau (formado em Trieste por italianos e estrangeiros, incluindo brasileiros, naturalmente) fazem do baião Adeus, Maria Fulô um arremedo de samba, mais próximo do samba-reggae baiano.A maioria das faixas é cantada em português (com sotaque, claro, mas isso é o de menos), algumas misturadas com inglês. Mágica, com vocal cavernoso do grupo Pillars and Tongues, ao jeito deTom Waits, é das menos conhecidas, a mais densa e mais longa. Enquanto Top Top (com Stop the Wheel, projeto de Francesco e Jennifer Gentle, de Pádua), abrindo o CD, é a que mais se aproxima do original dos Mutantes, a que o encerra, Tecnicolor, com Fabio Recco & Bia Mendes em versão remix dance, é a que tem menos graça.A idéia do projeto foi de Francesco Candura e frederico f. em maio de 2006. É praticamente um tributo ao primeiro álbum do grupo, Os Mutantes, de 1968, do qual só faltaram três faixas. Arnaldo Baptista contribuiu com ilustrações para o encarte. Sérgio Dias mandou um bilhete, transcrito na contracapa (em inglês e ilegível de tão pequenas as letras), em que agradece a homenagem. ''''Tem sido uma honra para nós Mutantes receber esse tipo de afeto e reconhecimento da juventude que vai mudar a face musical deste século. Estamos muito orgulhosos de vocês todos'''', disse Dias.O CD importado se encontra à venda, por R$ 35, na lendária Baratos Afins, reduto de eternos admiradores da modernidade dos Mutantes. A loja fica nas Grandes Galerias (Rua 24 de Maio, 62, lojas: 314/318, Centro, São Paulo, tel. 11 3223-3629, com entrada também pela Avenida São João, 439). O email é baratosafins@baratosafins.com.br.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.