Música-tema foi ideia do próprio Clint

O músico Jamie Cullum recebeu do cineasta os primeiros acordes da trilha

Rodrigo Gallo, O Estadao de S.Paulo

20 de março de 2009 | 00h00

O músico Jamie Cullum, de 29 anos, enfrentou grande desafio ao compor a música-tema de Gran Torino - e não apenas porque trabalhou diretamente com o exigente e carrancudo diretor Clint Eastwood, mas principalmente porque foi sua primeira trilha sonora para o cinema. Apesar das diferenças, a parceria deu tão certo que a canção até recebeu uma indicação para o Globo de Ouro.A ideia para a música surgiu de Eastwood, que mostrou os primeiros acordes a Cullum, no piano mesmo, e pediu ajuda ao pianista inglês para terminar a canção. "Ajudei a desenvolver a melodia para seguir as letras. Fiquei feliz e emocionado com o resultado final", disse em entrevista ao Estado. Para agradar ao ?chefe?, Cullum foi obrigado a deixar de lado o seu estilo agitado de tocar e buscou mais sensibilidade para compor a balada do filme.Cullum já esteve no Brasil em 2006 e fez shows em quatro capitais: Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Fã de música brasileira, o pianista afirma que gostaria de trabalhar com a cantora Maria Rita, com quem se apresentou durante a turnê. "Ela é uma ótima pessoa, divertida, e uma cantora soberba. Também sou fã de Sérgio Mendes, Tom Jobim e Mutantes."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.