Morrem os trompetistas Candoli e Enos

O trompetista de jazz americano Pete Candoli morreu na sexta-feira, aos 84 anos, em decorrência de câncer da próstata. Candoli apresentou-se com diversas figuras famosas da era da big band nos EUA. Ele era irmão do também aclamado trompetista Conte Candoli. Já outro trompetista americano, Bob Enos, foi encontrado morto na sexta-feira em um hotel na cidade de Douglas, na Geórgia. Enos, de 60 anos, tinha se apresentado na noite anterior no Douglas Country Club. Durante 26 anos o músico integrou a banda Roomful os Blues. A polícia acredita que Bob Enos tenha sofrido um ataque cardíaco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.