Morre o diretor de cinema chinês Xie Jin

O diretor de cinema chinês Xie Jin, um dos artistas perseguidos nos anos mais radicais da Revolução Cultural, morreu anteontem em Pequim, aos 85 anos. O corpo de Jin foi encontrado por um funcionário do hotel onde estava hospedado na cidade. O filme mais famoso de Jin é A Cidade dos Hibiscos, de 1986, pelo qual ganhou os dois maiores prêmios concedidos pelas academias de cinema chinês: Prêmio Cem Flores e Galo de Ouro. Nos anos 1950, o diretor e roteirista se destacou por seu cinema propagandista a serviço do novo governo de Mao Zedong. Em 1965, porém, foi perseguido por ter realizado Irmãs de Cena, filme considerado "burguês".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.