Eduardo Muñoz/Reuters
Eduardo Muñoz/Reuters

Morre o criador do touro de Wall Street

O escultor Arturo di Modica estava doente e morreu, aos 80 anos, na Sicília

The New York Times, O Estado de S. Paulo

20 de fevereiro de 2021 | 16h06

O artista que esculpiu o touro de bronze de Wall Street, o italiano Arturo di Modica, morreu na sexta-feira à noite em sua cidade natal, na Sicília, aos 80 anos. O autor da icônica escultura viveu por 40 anos em Nova York e estava muito doente.

Ele se instalou na cidade em 1973, abrindo um estúdio nas vizinhanças do Soho. Com a ajuda de amigos o artista instalou a escultura do touro no centro financeiro da cidade sem permissão, na noite de 16 de dezembro de 1989. Ele gastou US$ 350 mil de seu dinheiro para comprar mais de três toneladas de bronze e fundir a obra de arte. 

Tudo o que sabemos sobre:
Nova York [Estados Unidos]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.