Morre o comediante americano George Carlin, aos 71 anos

O comediante norte-americano George Carlin (foto) morreu no último domingo em decorrência de um ataque cardíaco, no hospital de Santa Monica, na Califórnia, seugundo seu assessor Jeff Abraham. Ele tinha 71 anos. Formou com Jack Burns uma dupla cômica nos anos 1960. Carlin tornou-se conhecido por desafiar a censura oficial; sua rotina de trabalho era denominada da seguinte maneira: ''As sete palavras que nunca foram ditas na televisão.'' A irreverência e a coragem fizeram com que a Suprema Corte dos EUA tivesse que se pronunciar sobre as ''grosserias'' ditas para os telespectadores, em 1978. O tribunal manteve assegurado o poder de o governo intervir na programação televisiva se ela veiculasse linguagem obscena. George Carlin trabalhou durante décadas na televisão. Ele ganhou quatro prêmios Grammy. Criou programas para o canal HBO e estava na estréia de Saturday Night Live, em 1975.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.