Morre o ator finlandês de O Homem sem Passado

Morreu na segunda, aos 51 anos, o ator finlandês Markku Peltola, conhecido sobretudo por seu papel em O Homem sem Passado, do seu compatriota Aki Kaurismäki. Segundo seus médicos, Peltola morreu em casa, em Tampere, interior da Finlândia, depois de ''''longa enfermidade'''', expressão que costuma ser eufemismo para câncer.Peltola, que era também diretor e músico, tornou-se ator fetiche de Kaurismäki com quem trabalhou em Nuvens Passageiras (1996) e Juha (1999). Mas celebrizou-se, mesmo, no papel principal de que ganhou o Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 2002. Foi daqueles raros casos de adequação perfeita entre um tipo físico e um personagem de ficção.Na história, o rosto sofrido de Peltola faz viver um certo M., que, surrado por skinheads, desperta sem se lembrar de qualquer coisa de sua vida pregressa. O que é um homem sem aquele lastro da memória que lhe dá consistência no presente? Pouco mais que uma sombra, mas M. terá de se virar desse jeito mesmo e, como ao escrever sobre uma página em branco, irá reconstruir a sua vida. Atuação minimalista em filme seco e, talvez por isso, muito comovente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.