Morre no Rio, aos 77 anos, o ator e diretor de televisão Fábio Sabag

O ator Fábio Sabag morreu na madrugada de ontem, aos 77 anos, no hospital Quinta D?Or, zona norte do Rio de Janeiro, onde estava internado desde o dia 27 de novembro. Segundo a equipe médica do hospital, o ator lutava contra um câncer de próstata em metástase. De origem libanesa, ele começou a trabalhar na Globo há 40 anos, nas funções de ator e diretor, dirigindo a primeira novela da emissora A Grande Mentira, em 1968. Sabag participou da primeira peça televisada, O Imbecil, de Pirandello, transmitida pela TV Tupi em 1950. Entre 1973 e 1977 atuou como assistente de Daniel Filho e produtor artístico da Central Globo de Produção. Entre outras novelas dirigiu Rainha da Sucata. Também dirigiu o programa infantil Sítio do Pica-Pau Amarelo e atuou em novelas, entre elas Força de Um Desejo, em que interpretou o personagem Breno Rangel.

, O Estadao de S.Paulo

31 de dezembro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.