Morre Janete Costa, arquiteta da arte popular

Morreu na sexta-feira, aos 76 anos, depois de uma longa enfermidade, a arquiteta pernambucana Janete Costa, cuja carreira foi marcada pela valorização da arte e do design populares. A arquiteta nascida em Garanhuns ficou conhecida como curadora de exposições que valorizaram as identidades culturais locais, entre elas a Bienal de Artesanato do Recife (1986) e a mostra Arte Popular Brasileira e Arte Popular dos Estados, realizada no Carreau du Temple em Paris, em 2005, Ano do Brasil na França. Janete realizou mais de 3 mil projetos em meio século de atividade, entre edifícios públicos e residências.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.