Morre Bettie Page, pin-up do século 20

A ex-modelo e atriz americana Bettie Page, cujas fotos ajudaram a desencadear a revolução sexual dos anos 60, morreu na noite de quinta-feira em Los Angeles, aos 85 anos. No dia 2 de dezembro, ela havia sofrido um ataque cardíaco, não recuperou a consciência e permanecia internada. Bettie morreu de pneumonia no hospital Kindred da capital da Califórnia. A partir de 1950, Bettie Page passou a ser a modelo mais fotografada do mundo, especialmente de biquíni e lingerie. Sua imagem virou febre e foi estampada nas cartas de baralhos e em álbuns. Na época, seus pôsteres sensuais decoravam os quartos dos jovens.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.