Ministerio do Turismo do Uruguai
Ministerio do Turismo do Uruguai

Montevidéu ganha museu em homenagem a Carlos Gardel

Villa Yeruá é reinaugurada no aniversário de morte do cantor e recebe a terceira estatua de Gardel existente na capital uruguaia

O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2017 | 12h11

Montividéu ganhou um museu em homenagem a Carlos Gardel no Villa Yeruá de la Rambla y Rimac, uma construção datada da década de 20) quer servia como casa de veraneio para o cantor.

No local, Gardel costumava passar seus aniversários na companhia de amigos como Francisco Maschio, proprietário do imóvel e treinador dos cavalos de Gardel, e Irineo Leguisamo, famoso jóquei de turfe sul-americano do século XX.

A reinauguração aconteceu no último dia 24 de juho, mesma data do 82º aniversário de morte do cantor, falecido em 1935 num acidente de avião em Medellín, na Colômbia.

O museu fica localizado em Malvín, tradicional bairro da capital uruguaia, e abriga dois museus, um do cantor e outro de turfe, um esporte que promove corridas de cavalos.

A estrutura da pequena vila conta com objetos, documentos e fotos do cantor.  Já no segundo andar da casa estão os troféus, a jaqueta da última corrida de Leguisamo e a capa do cavalo Invasor – melhor cavalo de corrida do mundo, além dos móveis e objetos originais da época.

Museu Villa Yeruá de la Rambla y Rimac. Endereço: Calle Rimac, 1600, Malvín Leste. Montevídeo - Uruguai. Funciona de terça à sábado – das 10h às 17h e domingo de 12h às 18h. Entrada gratuita

Tudo o que sabemos sobre:
Carlos Gardel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.